BananinhaAzul porque um dia perguntei a cor de uma banana á minha filha e ela respondeu azul. Embora também pudesse ter este nome porque a cor azul é repetidamente relacionada com Autismo.
Com este blog passo a fazer uma das coisas que mais gosto de fazer que é escrever e escrevo sobre uma temática em que realmente tenho alguma coisa para dizer... Goste!

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Prebióticos e Probióticos ou Simbióticos

Ainda na senda do post anterior, a sugestão que dei na sexta feira, volto hoje a falar na saúde do intestino e nas hipóteses que se colocam sobre a possibilidade de problemas gastro-intestinais estarem relacionados com o Autismo e até com muitas outros problemas de saúde, incluindo relacionados com o peso...
O intestino com uma flora desiquilibrada, com poucas bactérias protectoras, fica vulnerável a fungos e bactérias ruins que produzem toxinas desencadeadoras de inflamações nas células. Só os fungos despejam cerca de 80 toxinas diferentes, por dia, no organismo. E isto aconteçe porque na maioria dos casos de um inestino com problemas, existe aquilo a que se chama Permeabilidade Intestinal, que é na realidade o facto da parede do instestino estar tão danificada e fina que deixa passar para a corrente sanguinea tudo o que não deveria deixar passar, nomeadamente as ditas toxinas.

Tenho andado a ler várias coisas sobre este assunto e li sobre o uso de Prebióticos e Probióticos ou simbióticos.
Sabe o que são? Passo a citar do site www.anutricionista.com

Prebióticos
"Os prebióticos são fibras não digerríveis, mas que fermentam em nossos intestino e estimulam o crescimento das bacterias probióticas.
Alem de melhorar o funcionamento do intestino e diminuir os riscos de infecções, os prebióticos também podem diminuir a absorvição de gorduras pelo intestino, diminuindo assim o colesterol total e aumentar a aborvição de minerais como cálcio, ferro, zinco e magnésio.
As fibras prebióticas mais comuns são:
- a inulina, encontrada no almeirão, chicória, trigo, cebola, alho e alho poró;
- a pectina, encontrada em frutas cítricas, maças, cenoura, farelo de aveia, soja, lentilha e ervilha;
- e os chamados Frutooligossácarideos (FOS). Estes só podem ser encontrados em quantidades significativas se manipulados."


Probióticos
"Os chamados probióticos são microorganismos vivos da nossa flora intestinal normal, ou seja, são as bacterias presentes normalmente no nosso intestino, com a função de auxiliar o funcionamento do intestino e nos proteger de bacterias que possam nos fazer mal. Os objetivos dos alimentos enriquecidos com probióticos são auxiliar na proliferação dessas bacterias para regular o trânsito intestinal e nos proteger de possíveis infecções.
Os probióticos são muito usados em iogurtes e leites fermentados, os mais conhecidos são os chamados Lactobacilos."


Simbióticos
"O termo simbiótico é dado a produtos que associam os prebóticos com os probióticos afim de intensificar os efeitos dos dois componentes.
Lembre-se
Os pre e probióticos também podem ser utilizados em casos de diarréia e em tratamentos com antibióticos para manter o intestino do individuo saudavel.
O uso dessas substâncias devem sempre estar associadas a uma alimentação saudável. Para a saúde do intestino devemos consumir uma dieta rica em fibras, portanto sempre como muitas frutas, verduras, grãos integrais, aveias, etc."

Bom se o seu uso não fizer bem, mal também não faz, não é? Estou a ponderar dar à Bruna para tomar e estou a pensar em tomar também...
 

Sem comentários:

Enviar um comentário